11 janeiro, 2011

Eurodeportado em Bruxelas, Miguel Portas falando sobre o dinheiro dos deputados



Independentemente da idiologia política, os valores fundamentais de respeito pela sociedade e pelo próximo devem ser assegurados.

6 comentários:

Anónimo disse...

Porque é que isto não passou na tv portuguesa?
Seria incómodo, talvez.

Anónimo disse...

é evidente que políticos como este,não têm lugar no seu país e, como recompensa, são deportados para bem longe....lá para o Parlamento Europeu.

O Miguel Portas, estava a fazer sombra ao Louçã, e este tratou logo de o recambiar.
O Nuno Melo, a mesma coisa em relação ao Paulo Portas..
Mas o primeiro caso, por motivos diferentes, foi o de Carlos Pimenta, quando na qualidade de Secretário de Estado do Ambiente avançou com a demolição das construções clandestinas na orla costeira, que serviam de casa de férias dos seus camaradas de partido....
Assim vai Portugal, uns vão bem e outros mal....

Anónimo disse...

Mandamos os bons para fora e ficamos com a merda cá...por falar em burlões, gatunos e outros que tais, como está a novela ISAVE? Há novidades?

Anónimo disse...

dia 14 há assembleia de credores. consta que o artista já não possui bens em nome dele.

Aníbal Duarte Corrécio disse...

Merece o nosso aplauso esta intervenção de Miguel Portas.

Mário Sinaleiro disse...

deve ser reproduzida em toda a blogosfera nacional